Ritmo sustentável ou… entendendo o worklife balance!

Apesar de se “buscar um equilíbrio”, o fato é que sempre estamos dando mais atenção para uma determinada área da nossa vida. Então na prática nunca estamos em equilíbrio. E isto não é um problema. O importante é termos os momentos para refletir a respeito disto. Queremos seguir dando atenção para a área X ouContinue a ler “Ritmo sustentável ou… entendendo o worklife balance!”

Cuidando das interrupções “sociais”. :)

Um dos desafios na busca pelo inbox zero é entender quais são estas caixas que precisamos monitorar e gerar acompanhamento. Quando recebo uma mensagem pelo facebook, a resposta é imediata ou não? Qual o nível de alerta que você mantém para o whatsapp ou skype?

Hustle? Sabe o que significa? #dwildt101 ep 42

A pergunta ou na verdade uma indicação deste episódio vem do Luciano Sclovsky, que me mandou definições da palavra Hustle e disse pra eu escrever sobre… mas, aproveitando o foco nos vídeos, aqui vai mais #dwildt101 pro ar! 🙂

Onde ouvir mais sobre esporte, música, produtividade e empreendedorismo?

Eu comecei a ouvir mais podcasts e palestras enquanto escrevo e trabalho. Até audiobooks estou testando ultimamente. Bom, resolvi fazer uma lista dos últimos que escutei ou que sempre busco por novidades.

Como se mede produtividade de uma equipe? #dwildt101 ep 38

Francisco Oliveira trouxe algumas questões a serem discutidas nos comentários do episódio 36: – como medir produtividade individual? – como tratar quando uma pessoa mais sênior fica deslocada das atividades de entrega olhando defeitos e buscando a resolução? – ritmo sustentável x defeitos / imprevistos? Eu falei sobre times de basquete dentro do contexto, tambémContinue a ler “Como se mede produtividade de uma equipe? #dwildt101 ep 38”

Velocidade, aprendizado e multidisciplinaridade. #PartiuAgile T01E09

No episódio 9 da primeira temporada escolhi puxar alguns assuntos para tratar no #PartiuAgile. Já estamos nos episódios “extras”, onde eu vou explorar alguns assuntos mais livres sobre o mundo Scrum. Velocidade, aprendizado e multidisciplinaridade foram os escolhidos. Preparado?