Inovação x modelos de negócios

Ser inovador é algo bem difícil. Pra começar não adianta você se dizer inovador. O mercado precisa perceber isso em você. Ser disruptivo ou incremental. Eis a questão atual? 🙂

Pequenos passos para a melhoria contínua

Ao iniciar o pensamento sobre mudança, queremos sempre as grandes. Se trabalhamos 60 horas por semana, queremos simplesmente começar a trabalhar 6 horas no mês. Algo como mágica. Não que não possa acontecer mas mudanças bruscas de direção também geram reações do mesmo estilo. Como seguir?

Cinco TED Talks para assistir – Janeiro/2015

Normalmente assisto palestras do TED para motivar, instigar. Muitas talks são questionadoras, outras mostram histórias e exemplos de situações vivenciadas, que podem não ser verdade nem funcionar para o nosso contexto. De qualquer modo são experiências e devem servir como formas de pensar, que podem ser unidas com nossa forma de funcionar. Para fechar janeiro/2015 penseiContinue a ler “Cinco TED Talks para assistir – Janeiro/2015”

Caminho Empreendedor! O making of da palestra. Ou trinta dicas para o seu caminho empreendedor. :)

Falar sobre o que já passamos é sempre muito legal. Vale como uma reflexão, vale como uma das mais puras formas de aprendizado. Refletir, repensar, e tomar ação. Tive a oportunidade de participar de um evento sobre empreendedorismo. E foi também um caminho desenvolver a palestra que apresentei no evento. Quero contar aqui o processoContinue a ler “Caminho Empreendedor! O making of da palestra. Ou trinta dicas para o seu caminho empreendedor. :)”

Novo fluxo, mais autonomia para a Casa Liberdade

Uma das coisas mais difíceis é desenvolver autonomia, na minha opinião. Não porque é difícil, mas porque ao longo do tempo somos “aconselhados” a não perguntar, não falar, não pensar. Curiosidade? Não, obrigado. Paulo Freire falou sobre autonomia nos seus livros de educação. Somos levados para processos de autonomia, mas não somos treinados para perceber este desenvolvimento.

E ao olhar para trás? Como vem sendo o caminho? Valorizando a distância percorrida.

Ao olhar para frente, temos expectativas, sonhos. Ao olhar para hoje, temos reflexões, e possivelmente também frustrações. Ao olhar para o passado, deveríamos bater palma, e ter gratidão por tudo o que foi feito. Agradecer aos recursos disponíveis, ao tempo que existia disponível, e usar isto como aprendizado para acontecer cada vez mais. No final doContinue a ler “E ao olhar para trás? Como vem sendo o caminho? Valorizando a distância percorrida.”