Amplificar ou resolver problemas?

Ao longo do tempo venho percebendo um padrão. E também percebo esse padrão em mim.

Quando me coloco em uma situação de amplificar o problema, de apenas indicar que algo está parado, errado, estranho, percebo que fico limitado. Acabo ganhando apenas uma marcação de ter encontrado algo ou reclamado de algo.

Quando me coloco em outra perspectiva, para resolver problemas, tenho percebido um ganho de potência e atitude para a situação que está na minha frente.

Continue a ler “Amplificar ou resolver problemas?”

Poder

Consciência de ser mais do que ter. Eu sei que sou meu melhor quando estou presente em mim. Uso o termo em inglês “whenever I am”.

Quando as pessoas tem consciência da sua missão, que envolve movimentar outras pessoas e não derrubar, o jogo muda.

Quando se passa a ter consciência que a sua entrega é mais do que os títulos que você carrega. Esse é o seu ego falando. É a sua casca querendo aprovação externa do mundo, das coisas que você faz.

Continue a ler “Poder”

Matriz de posicionamento

Ou porque você deveria ter critérios racionais de decisão.

Toda decisão envolve opções, critérios e pesos. Os critérios podem ser objetivos ou subjetivos. Os pesos podem servir para definir a eliminação de uma opção ou apoiar na priorização dando atenção ao que importa no contexto.

Qual decisão você quer tomar hoje?

Continue a ler “Matriz de posicionamento”

Pitch. Ou diferentes formas de apresentar ideias. #Projeto720 ep 30

Vou partir de um mapa mental, que apresentei em algum Startup Weekend Porto Alegre, sobre pitch de apresentação de uma ideia.

O fato é que organizar um pitch de apresentação de uma ideia ou produto é sempre um desafio. Muitas vezes o local que você vai apresentar possui expectativas sobre o que se espera ver. Ao longo do tempo você também consegue ir ganhando e aprendendo sobre o seu jeito de apresentar ideias e validar projetos.

Continue a ler “Pitch. Ou diferentes formas de apresentar ideias. #Projeto720 ep 30”

Escrever: Um arremesso ou um passe?

Estes dias em uma conversa a ideia é que eu pudesse comunicar da melhor forma.

Comunicar da melhor forma.

Melhor forma.

Existe isso?

Como eu posso fazer qual é a melhor forma de escrever se não tenho mapeado como você vai ler o que eu escrevo? E mesmo que eu tenha mapeado, será que elas estão em um modo para entender o que estou trazendo? Ou vou bater em algum gatilho ou medo?

Agora… voltando pro início. Será que essa é a pergunta mesmo?

Continue a ler “Escrever: Um arremesso ou um passe?”