[BAIT] O CURSO PRO SUCESSO NA AGILIDADE :P

OMG! Pode ter certeza! SQN. 😀
Pensei em um curso que garante sabe o que para a sua carreira? NADA! Tem gente que vai comprar pela quantidade de provas sociais e de pessoas que tiveram sucesso a partir dele e pelos gatilhos de urgência. Ou pelo FOMO (Fear of Missing Out). E depois você não vai conseguir falar mal do curso, afinal de contas uma galera demonstrou sucesso com o mesmo. 

Desculpa pelo título bait… mas me incomoda pessoas vendendo sucesso na carreira a partir de um curso. Mintzberg já falava que a gente precisa de gerentes e não de MBAs. Acho que estou indo um pouco nesta linha. 

Quero trazer a importância da prática, da paciência e da vivência. Com projetos, pessoas, experiências diversas que vão constituindo e construindo o nosso SER. 

Continue a ler “[BAIT] O CURSO PRO SUCESSO NA AGILIDADE :P”

Raiva, mas não a doença. Ou de qualquer jeito ela nos deixa doentes?

Se tivesse uma personagem do divertidamente dentro da minha cabeça, seria a raiva. Por vezes eu gostaria que fosse a tristeza. A raiva me impede de sentir o que preciso sentir muitas vezes.

Só que a raiva aparece em momentos que eu precisava silenciar. Ela vem pra demonstrar ira por algo que não deveria estar acontecendo, mas acontece novamente.

Continue a ler “Raiva, mas não a doença. Ou de qualquer jeito ela nos deixa doentes?”

Tempo de silenciar?

Qual seria o momento de parar? De não fazer nada mais? Tipo só por um pouquinho? 

Para algumas pessoas, a pressão social de escolhas de carreira, carro, casa e outras parece impedir um real encontro: com o nosso presente. Com o agora.

Sempre estamos correndo por alguma coisa que “não temos“. Digo “não temos” pois em vários casos essa busca não é o que realmente precisamos. Ou “já temos” o que precisamos, mas colocamos algum tipo de desculpa para não fazer.

Continue a ler “Tempo de silenciar?”

Tem valor, mesmo que mude

Responder a mudanças, mais que seguir um plano. Isso tá no manifesto ágil.
É sempre amor, mesmo que mude. Isso tá na música da Bidê ou Balde.

Tava trocando ideia com o Gui Grazziotin e no meio do papo veio “sempre tem valor, mesmo que mude”. Aí resolvi expandir o pensamento aqui.

Continue a ler “Tem valor, mesmo que mude”

Revisão de código? Ou uma oportunidade de aprender mais sobre formas de pensar de outras pessoas.

Você revisa o trabalho de outras pessoas? O trabalho de revisão se conecta com colaboração e ele pode acontecer de forma síncrona ou de forma não simultânea. A revisão funciona com vários aspectos presentes: de prevenção, educação, humildade e respeito.

Continue a ler “Revisão de código? Ou uma oportunidade de aprender mais sobre formas de pensar de outras pessoas.”