#FicaDica: #StartupDojo de 18/set, veja como foi!

Fiz um post no blog startupei.ro. Confira! E fique atento as novas edições, através do nosso grupo do facebook e também pelo twitter @dwildt. Participe destes eventos! São formas de networking e de prática de modelos de negócio. Se você quer escrever, leia bastante. Agora, se você quer jogar um esporte bem, a leitura nãoContinue a ler “#FicaDica: #StartupDojo de 18/set, veja como foi!”

NoSummit – Um evento sem cúpulas

Manoel Pimentel lançou a ideia do NoSummit, um evento que não possui cúpulas e é 100% auto-organizado. Pessoas se colocaram como catalizadores de ideias e definiram pontos de ebulição espalhados pelo Brasil. Cada ponto de ebulição escolhe um assunto para tratar. Simples assim. O resultado é o evento que ocorre em várias cidades neste sábado,Continue a ler “NoSummit – Um evento sem cúpulas”

Uma dinâmica para brincar de Métodos Ágeis – A hora extrema!

A prática é a melhor forma de demonstrar e criar conhecimento. Desenhar, refletir, discutir, concordar e discordar. A primeira vez que participei de uma dinâmica da hora extrema (eXtreme hour), foi em 2004, e o exemplo utilizado foi a criação de um caixa eletrônico. Hardware e software. 🙂 Desde então, sempre que tenho a oportunidade,Continue a ler “Uma dinâmica para brincar de Métodos Ágeis – A hora extrema!”

#StartupDojo!! Mais um chegando a Porto Alegre!

Dia 18 de setembro vamos nos reunir no Tecnopuc para mais uma edição do #StartupDojo Porto Alegre! Bateu a curiosidade? O que é o StartupDojo? O StartupDojo é um ambiente para praticar modelos de negócio. E antes disto é um espaço de networking. E antes disto é um espaço para aprender e ensinar. Então, seContinue a ler “#StartupDojo!! Mais um chegando a Porto Alegre!”

Porque você não deve testar seu software!

Dia 23/agosto tenho uma palestra no evento do Grupo de Usuários de Teste de Software do RS. O evento ocorre em Porto Alegre, na PUC-RS a partir das 19h15min. Depois complemento este post com um resultado da palestra, mas de imediato deixo o resumo da palestra: O objetivo é mostrar todos os benefícios de nãoContinue a ler “Porque você não deve testar seu software!”

Uniinfo 2012 – Palestra “Da métrica a diversão” na Semana Acadêmica da Unisinos!

Nesta quarta-feira 30 de maio estarei palestrando no Uniinfo, a Semana Acadêmica de Informática da Unisinos. Estarei fazendo por lá a palestra “Da métrica a diversão“, uma palestra que gosto muito, por poder discutir assuntos como formação de equipes, melhoria contínua, e podendo mostrar práticas de automação de testes, discutindo eXtreme Programming e Lean. DependendoContinue a ler “Uniinfo 2012 – Palestra “Da métrica a diversão” na Semana Acadêmica da Unisinos!”

Projeto Startup no DUG-RS inicia sábado 26 de maio de 2012!

Uma das coisas que acredito, é que um desenvolvedor deve ser capaz de desenvolver um software por completo. Gestão, comunicação, análise, codificação, testes, automação, infra… e desenvolvimento de produtos! Ser um empreendedor, ser inovador, sempre em busca de desafios. Mas como conseguir evoluir em todas estas áreas? Primeiro, o ponto é entender quais destas áreasContinue a ler “Projeto Startup no DUG-RS inicia sábado 26 de maio de 2012!”

Não quero gerentes, mas pessoas capazes de gerenciar

Em um determinado post, o Nicolas Iensen, fala assim: O maior equívoco da história da gestão foi acharem que não existe gerencia sem gerentes. Eu comentei em um evento do Grupo de Métodos Ágeis do RS que na minha equipe não existem gerentes. Mas estava sendo injusto. Muito injusto. O ponto é que eu acreditoContinue a ler “Não quero gerentes, mas pessoas capazes de gerenciar”

REST e os Códigos de Resposta HTTP

Em uma reunião, se pergunta como avisar o usuário do resultado de uma chamada de um serviço, em se usando uma abordagem baseada em REST. Minha resposta foi algo simples tipo, ah, 200 vai indicar que funcionou show de bola, 201 quando um objeto foi inserido, 400 quando a requisição for mal feita, 501 quandoContinue a ler “REST e os Códigos de Resposta HTTP”

Como se tornar um melhor mensageiro

Eu sempre tive uma necessidade de ter mensagens e apoiar quem está assistindo uma apresentação através de texto, muito texto. De vez em quando algumas imagens. Em 1999 fiquei vermelho, e bem nervoso, quando fiz a apresentação do meu trabalho de conclusão. Depois outras lembranças que tenho são a partir de 2002, quando comecei aContinue a ler “Como se tornar um melhor mensageiro”