Achar ou descobrir? Qual a nossa missão?

Parece que por um acaso vamos nos encontrar. Como se fosse um jogo de esconde esconde. Como se não estivéssemos investigando o suficiente todas pistas que recebemos ao longo da vida.

Estamos para nos achar ou para nos descobrirmos?

O achar me parece ligado com acaso, quase que sem querer. E apesar de acreditar nas oportunidades que aparecem quando estamos fazendo coisas quase sem querer, ainda assim me parece que nosso desafio não está com um “X” em algum mapa de tesouro. Deve ser bem frustrante descobrir que o mapa está visível no espelho, em nós mesmos.

O descobrir envolve investigar, pesquisas, testar, experimentar, vivenciar. Não me parece ter um caminho certo e consciente, por vezes. A consciência está em volta toda vez que nos colocamos presentes e cientes do que praticamos.

Me parece que ao encontrarmos e definirmos limites, e entender qual é o nosso presente, nos colocamos mais pertencentes ao que acontece. E também parece que nos disponibilizamos para escuta. Parece que o espaço se abre, para reconhecer e celebrar quem somos.

E isso não é uma linha de chegada… é só parte de um percurso possível.

— Daniel Wildt

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

Publicado por dwildt

Empreendedor / Desenvolvedor de Software / Mentor / Agilista / Escritor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: