Você vai encontrar dois tipos de pessoas na sua vida. Cuide quem vai ficar do seu lado.

A gente vai conviver, conhecer e se aproximar de uma série de pessoas na nossa vida. Você vai chamar estas pessoas de vários nomes diferentes. Amizades, amores, frustrações, desastres e inclusive pessoas que você não quer mais estar perto, que chamarei gentilmente de “distâncias”.

Apesar de podermos classificar em diversos nomes e contextos, no final do dia a gente acaba descobrindo que só existem dois tipos de pessoas na nossa vida: pessoas que nos abraçam e pessoas que nos desequilibram.

Quem abraça é quem te puxa. Pessoas que estão preocupadas com você. Quando você sair do eixo, elas vão aparecer e estarão do seu lado para te ajudar a levantar. Quando você errar, elas não vão passar a mão na sua cabeça. Elas vão criticar e também estarão próximas, ajudando você no seu caminho de melhora e consciência. São pessoas que entendem sobre o poder do silêncio, que entendem sobre a importância da tranquilidade e da calma. São pessoas que potencializam o seu funcionamento e te dão segurança para experimentar.

Quem desequilibra é quem te empurra, principalmente quando você está quieto e em equilíbrio. Pessoas que estão usando você, que tratam você como um recurso. Também aparece aqui quem está aguardando você errar, para amplificar o problema ao tempo que se esquiva de tudo relacionado. Essas pessoas trazem frases de efeito e por vezes ameaças. Usam falas para manter a crença de que você está no erro e precisa melhorar para “adequar” ao que estas pessoas pensam de você. Existe uma estrutura de competição presente, criando tensão onde deveria existir cooperação e escuta. Conforme for a sua estrutura de funcionamento, você acredita que o problema é você.

Parece fácil identificar e organizar, mas não somos lineares. Temos uma série de interações com uma série de pessoas e por vezes sofremos influência de conversas anteriores para as próximas. Logo… a complexidade está presente. O que temos no nosso controle é entender como escolhemos reagir ao que acontece conosco, ao tempo que isso se torna algo complexo de cuidar quando estamos em modo de confusão e vulneráveis. E aqui também é a nossa oportunidade de aprendizado contínuo, quando tivermos espaço para isso.

Estamos sempre em conflito, com outras pessoas e conosco. O ponto base é que um conflito deveria estar em conjunto com um espaço onde podemos operar e melhorar e atuar em conjunto, negociar. Quando isso não acontece, estamos em confronto, e aí as regras de negociação não funcionam. Conflito deveriam fazer pessoas caminharem para um caminho comum. Diferente de um confronto, que vai sempre deixar alguém pelo caminho.

Uma outra questão importante é sobre o processo de classificação das pessoas. Talvez você encare pessoas que estão sistematicamente abraçando e tentando fazer você melhorar, como pessoas que criticam. Apenas reflexão e consciência vão ajudar neste aprendizado. Prática e presença são parte da única resposta que consigo pensar neste momento.

Aqui vale sempre entender sobre sua habilidade de escuta, pois muitas vezes você está sem espaço para receber apoios e pedidos.

Se fosse operar na ironia… talvez o melhor seja você se transformar em alguém que as pessoas querem distância? Qual o problema disso? Uma hora vai sobrar apenas você, e talvez você não esteja com a preparação necessária para viver isso.

E aqui pensando… o que aconteceu com a humildade? Com a nossa capacidade de viver o presente consciente do nosso momento?

Humildade deveria ser uma característica base, que nos mantém em um modo aprendiz. Infelizmente por vezes queremos nos mostrar mais fortes que outras pessoas e esquecemos do cuidado.

Cuidado não acontece por acaso. Cuidado é intencional.

— Daniel Wildt

Este conteúdo fez sentido para você? Você pode apoiar e acompanhar meu processo de criação de conteúdo mais de perto! Apoiando financeiramente você pode participa da comunidade e recebe antes as entregas que realizo no projeto “A filosofia da tranquilidade”. Acesse apoia.se/dwildt e entenda sobre valores e entregas!

Publicado por dwildt

Empreendedor / Desenvolvedor de Software / Mentor / Agilista / Escritor.

2 opiniões sobre “Você vai encontrar dois tipos de pessoas na sua vida. Cuide quem vai ficar do seu lado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: