Qual é o último momento responsável? Esse é o seu prazo para descoberta. Depois? Faça!

Qual o seu limite para tomar uma decisão? Esse é o tempo que você tem para aprender. Se chama de último momento responsável pois depois deste ponto, o risco é muito alto para seguir. As chances de falha são grandes ou de termos que fazer as coisas correndo. Entraremos em modo de reação e não de prevenção.

Mas e aí… cheguei no último momento responsável. E agora?

Humm peraí. Você entende que não tem um tempo limite para tomar decisão? Pode ter certeza que você tem.

Você vai cansar um dia… por não fazer o que precisa ser feito. E vai ter que tomar uma decisão, se vai seguir não fazendo ou se deixa de fazer.

Logo, definir um prazo para descoberta e para aprendizado sobre algum assunto pode ser importante, para guiar próximas ações. E não precisa ser de tudo, pode ser de um pedaço, que pode ser decisivo para iniciar algo maior ou remover um risco que hoje trava o início de alguma iniciativa.

E o ponto mais importante é o que vem a partir disso. Chegou no último momento responsável, e chegou a hora de tomar uma decisão?

Tome a decisão, com as informações disponíveis. Um caminho depois disso pode ser cancelar a iniciativa, por falta de insumos que digam que podemos prosseguir. Agora… deu click para seguir?

Agora FAÇA acontecer. Isso significa ter foco em entregar o valor que você entende que pode entregar. Significa aumentar a energia neste projeto ou iniciativa e escolher qual projeto atual vai perder energia.

— Daniel Wildt

Extra: esse post nasceu comigo pensando em comprar um produto. Hoje decidi comprar o produto, e fiz questão de comprar o mesmo na loja que inicialmente tinha encontrado. Quando tentei fazer a compra do produto, o site estava dando algum erro e não deixava prosseguir. Deixei pra depois? Não. Eu já tinha tomado a decisão e estava usando meu tempo para aquele objetivo. Peguei a referência de preço, fui em um marketplace e fiz a compra. Disponibilidade não é sistema “rodando” e só o módulo de pagamento fora. É cliente conseguindo completar uma jornada. Esse 0,01% fora de um componente custou um cliente.

Extra 2: ninguém está te pedindo para correr, e a pressa nunca deve ser o seu jogo. O jogo é de cadência, de ritmo.

Extra 3: se você ainda não percebe que tem cadência em alguma das suas práticas, primeiro organiza a sua prática. Faça o que precisar fazer para testar estratégias e encontrar o seu sistema.

Acompanhe minha jornada de conteúdo, participando das entregas do projeto de crowdfunding “A filosofia da tranquilidade”, lá no apoia.se/dwildt.

Publicado por dwildt

Empreendedor / Desenvolvedor de Software / Mentor / Agilista / Escritor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: