É urgente! Será?

Ou será que você não está sabendo de como as coisas funcionam? Ou será simplesmente que é falta de planejamento?

Eu tenho muito cuidado com as palavras. Costumo avisar pessoas que eu trabalho que eu dificilmente fico preocupado com algo. Só que quando eu ficar, aí… fique também. 😀

Eu acabo acreditando no senso que as pessoas me trazem. Quando vem um “é urgente” eu já visualizo elas escrevendo somente com um braço, pois o outro está sendo esmagado por um dinossauro vindo de uma outra dimensão.

Agora… e quando eu descubro que o urgente é apenas falta de planejamento? E quando eu descubro que o urgente é apenas falta de conhecimento sobre algum procedimento?

O problema desta ressignificação, é que em algum momento a pessoa realmente vai trazer algo urgente, e tem grande chance de eu relativizar. Qual o tamanho do dinossauro aí?

Jaime Wagner tem uma frase clássica, que eu gosto sempre de lembrar: “não faça da sua falta de planejamento a minha urgência“.

O que tem sido urgente para você?

— Daniel Wildt

Extra: o problema do urgente por vezes passa por outra questão. A do limite. Por vezes algo que deveria ser visto como urgente é deixado como algo comum. E chega uma hora que o dinossauro tá tão grande que não tem mais como cuidar. O estrago vai ser grande.

Acompanhe minha jornada de conteúdo, participando da comunidade e das entregas no projeto de crowdfunding “A filosofia da tranquilidade”, lá no apoia.se/dwildt.

Publicado por dwildt

Empreendedor / Desenvolvedor de Software / Mentor / Agilista / Escritor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: