Posso reclamar?

Pode. É de bom tom? Não muito. Já tentou conversar sobre o assunto com alguém capaz de escutar você?

Mas tipo, se eu estiver irritado ou triste, posso reclamar? Pode.

É de bom tom? Evite se for no meio de uma reunião com pessoas que você não interage normalmente. Você pode ser visto pela equipe como alguém que só reclama.

E quando se pode reclamar?

Aí eu fiquei pensando neste lance. Será que o problema está em quem reclama ou o problema está no espaço da pessoa que escuta uma reclamação?

Me peguei nessa por passar vários momentos servindo de apoio de escuta para e conseguindo manter o espaço. E de outro lado, tipo 5 minutos antes de eu começar a escrever este texto, eu perdi a paciência e reclamei quando a resposta deveria ser mais paciência e espaço interno para escuta.

Enfim, somos humanos.

Com isso, fiquei pensando que antes de reclamar, deveríamos garantir que estamos ativando a nossa rede de apoio. Com isso temos a chance de ter uma escuta real. Ou se pelo menos tivermos alguém mediando uma conversa, já sabemos que tem alguém ali para nos amparar caso o espaço interno termine.

— Daniel Wildt

Extra: É de bom tom você seguir o instagram da Ilana Kaplan. 😀

Publicado por dwildt

Empreendedor / Desenvolvedor de Software / Mentor / Agilista / Escritor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: