Fazer mais, fazendo menos, e melhor

Você sempre pode fazer mais. E aqui uma reflexão importante.

Você sempre pode fazer menos. E esse é o segredo da vida. Quando estamos fazendo muita coisa ao mesmo tempo, a primeira ação é fazer menos. A primeira ação é limitar a quantidade de trabalho que você tem em andamento.

A segunda ação é limitar mais ainda a quantidade de trabalho que você tem em andamento.

E dá para seguir indo nesta linha, mas tenho algumas outras reflexões sobre isso.

Ao limitar o trabalho em andamento, você é obrigado a priorizar. Ao priorizar, você vai entender que nem tudo é urgente. E se for tudo urgente, é porque você precisa melhorar muito sobre planejar e gerar expectativas. Chegou a hora de estancar o problema, e começar novamente.

Junto com isso, vem uma coisa importante para se ligar. A importância do fazer. Comece. Faça. Publique. Se mostre.

Se você vai trabalhar com conteúdo, vão chamar você de palestrinha, vão dizer que o que você faz não vale a pena porque não paga bem. Vão falar muita coisa.

Só tem um lance: sua vida é conteúdo. Mesmo que você escolha compartilhar tudo o que faz com somente 1 pessoa. Eu faço todo conteúdo pensando sempre em uma pessoa. Isso me ajuda a não me preocupar com a abrangência, sucesso ou fracasso no que eu faço. Eu gravo conteúdos pensando em praticar e compartilhar alguma vivência ou aprendizado.

Se você quer organizar um produto, um novo serviço, tudo começa com entender o problema, conectar com o problema, entrevistas, pesquisas, testes, experimentações.

O mais importante que fazer é entender como você pode fazer com cadência e consistência.

E organizar expectativas. Tenho projetos que dedico boas horas todos os dias. Tenho projetos que decidi dias atrás que vou dedicar 2 horas e meia por mês.

Essa mistura de expectativas, cadência e o foco na prática que estiver envolvida é o que vai valer. O que você faz é o mais importante. O como você faz, o como você se conecta é o que vai chamar mais pessoas para fazer parte da sua ideia.

E ao organizar expectativas, você vai entender o que realmente faz sentido e vale a pena. E você vai ser capaz de fazer cada vez menos.

O que realmente faz sentido vai chamar mais atenção sua. E a prática vai fazer você fazer cada vez menos, e fazer cada vez melhor.

— Daniel Wildt

Extra: conhece o culto do Done Manifesto?

Extra 2: conhece o small acts manifesto?

Publicado por dwildt

Empreendedor / Desenvolvedor de Software / Mentor / Agilista / Escritor.

4 opiniões sobre “Fazer mais, fazendo menos, e melhor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: