Exponencial, sei.

Você quer ser exponencial? Organizações ditas exponenciais possuem algumas características e um pensamento que ajuda no entendimento de como desenvolver uma empresa que pode se tornar um negócio altamente escalável, e que pode operar com autonomia, confiança e responsabilidade.

O jogo da responsabilidade está também no entendimento de como a sua empresa pode operar de forma sustentável, e não apenas consumindo recursos que por vezes são limitados ou criando negócios baseados em exploração de mão de obra.

Bom, outra hora falo sobre Sistema B. Por hora vamos seguir nas organizações exponenciais!

No final do texto deixo a referência para o livro de Salim Ismail chamado Organizações Exponenciais, onde diversas histórias são compartilhadas, e sigo aqui usando termos que aparecem ao pensar em um ExO (Exponential Organization) Canvas.

Sua empresa pode ter um propósito de transformação massivo e seguir uma série de propostas e critérios, mas aqui deixo para você pensar em fazer as coisas de propósito, que já ajuda bastante.

Pelo ExO Canvas, a gente consegue pensar em alguns atributos que ajudam a entender uma organização exponencial.

Podemos classificar estes atributos como sendo cinco de ordem interna (SCALE) e cinco de ordem externa (IDEAS). A sigla é a primeira letra de cada um dos atributos, simplesmente.

S.C.A.L.E.

  1. Equipe sob demanda (Staff on demand): existem talentos por todos os lugares do mundo e existe uma pessoa qualificada para entregar o que você precisa com muita qualidade. Pense nas atividades que você precisa executar para seu negócio e pense em quais você precisa de pessoas fixas dentro da sua organização e quais você pode contratar sob demanda ou baseado em acordos de trabalho. Muitas pessoas operam em modo freelancer ou operam com consultoria para um conjunto de empresas. O mesmo aqui pode acontecer para áreas de apoio da sua empresa ou em movimentos onde você precisa aumentar sua capacidade de entrega em determinado período.
  2. Comunidade e multidão (Community and crowd): sua comunidade é formada por seus clientes, fornecedores e empresas que você tem algum tipo de parceria. Existe um valor sendo gerado de forma direta para esta camada. Sua multidão é formada pelas pessoas que você impacta a partir do valor que você gera.
  3. Algoritmos (Algorithms): você tem algum jeito especial de priorizar e organizar o trabalho? Este jeito acaba sendo o diferencial competitivo da sua empresa?
  4. Ativos alavancados (Leveraged assets): alugar, compartilhar ou ter formas de manter a flexibilidade quando sua empresa precisa mudar de direção.
  5. Engajamento (Engagement): como você mantém as pessoas conectadas com o seu negócio? Canais de feedback, promoções, algum tipo de premiação em virtude da participação em alguma atividade. E a premiação não precisa ser nada financeiro. Por vezes “badges” digitais compartilháveis já servem para gerar uma conexão.

I.D.E.A.S.

  1. Interfaces: como as pessoas se conectam com a sua empresa? Interfaces de aplicativos, sites, algum aparelho que elas usam no dia a dia, alguma interface programável que elas conseguem conectar outros sistemas?
  2. Dashboards: mostre o que está acontecendo no seu negócio. Que informações ajudam pessoas a realizarem mudanças que são necessárias para alcançar objetivos que são compartilhados entre as pessoas participantes? Seria interessante que cada papel existente na sua organizaçao pudesse ter um dashboard de apoio para o trabalho, de modo que possa contar histórias do trabalho realizado para outras áreas da empresa, da mesma forma que é possível derivar planos de melhoria contínua.
  3. Experimentação (Experimentation): saber operar no modo de incerteza e modo de descoberta. Criar oportunidades dentro do seu negócio. Aprender rápido com os aprendizados, desenvolver novas métricas e mercados.
  4. Autonomia (Autonomy): desenvolver responsabilidade com os diferentes papéis da sua organização. Permitir que as pessoas se auto organizem e possam colaborar para atingir os objetivos de negócio.
  5. Sociais (Social): como você desenvolve e entrega ferramentas que permitem a comunicação das pessoas e equipes? Compartilhar ideias, conhecimento, desenvolver argumentos, conectar, engajar e poder operar de forma não simultânea (essa é uma dica minha :D).

Referências:

Específico de Staff On Demand:

Específico de OpenSource:

— Daniel Wildt

Extra: Fiz no #Projeto720 uma conversa sobre ExOs, falando em cima do Canvas.

Publicado por dwildt

Empreendedor / Desenvolvedor de Software / Mentor / Agilista / Escritor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: