Coisas para configurar no git local

Estava fazendo o setup de uma nova máquina para usar o git e não lembrava de algumas mudanças a serem feitas. Como sempre, estou colocando aqui para não me esquecer mais. 🙂

Configurações de nome e email.
E aqui uma lembrança de que podemos ter configurações globais e podemos ter uma configuração para um repositório específico.

Configuração padrão para uso em todos repositórios:

$ git config --global user.name "Daniel Wildt"

Se você deseja rodar esta configuração em um ambiente específico, pode ir na pasta do projeto e usar:

$ git config user.name "Daniel Wildt"

O email segue a mesma linha, mas a config chama user.email:

$ git config --global user.email "email@dominio.com"
$ git config user.email "email@dominio.com"

Para saber o valor atual de uma config apenas chame

$ git config user.name
$ git config --global user.name

Branch padrão quando faz um git init
Quando você inicia um repositório no git por padrão ele se chama master. Por uma série de motivos, eu passo a escolher chamar meus branches principais por main ou algum outro nome escolhido pela equipe. Se é um repositório já existente, existe um procedimento para fazer a troca do nome para outro. Quando você cria um repositório novo pelo github e inicia ele com arquivos como .gitignore e README.md, o github também tem uma configuração para isso.

Aqui estou considerando que você está iniciando um repositório localmente e depois vai conectar ele com algum remote.

A partir do git 2.28 liberado em julho de 2020 é possível fazer uma troca de configuração para que o branch padrão criado ao executar um git init seja outro, diferente de master:

$ git config --global init.defaultBranch main

Neste caso fazendo o branch principal ter o nome “main”.

O que já tem configurado?
Quando estava fazendo um processo configurando email fiquei pensando se tinha feito ou não e lembrei do comando de saber qual valor tinha aquela variável, mas fiquei pensando em que comando poderia usar para listar todas as configs que estavam realizadas no git. Aí novamente temos a chance de saber quais configurações globais estão feitas:

$ git config --global --list

E quais configurações estão valendo em um repositório específico:

$ git config --list

— Daniel Wildt

Publicado por dwildt

Empreendedor / Desenvolvedor de Software / Mentor / Agilista / Escritor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: