Músicas para trabalho produtivo?

Aqui vale para casos onde você está trabalhando e precisa estar no modo “fazer”.

A resposta está em você. Essa é a resposta rápida para a pergunta do post.

Agora deixa eu contar umas histórias e as minhas indicações de como você pode fazer para procurar esta resposta dentro de você.

Uma vez me perguntaram como fazer para as equipes aceitarem trabalhar com a mesma playlist. A resposta era escolher uma estação de rádio que fosse comum. Outra opção seria encontrar músicas lounge, ou playlists de músicas “lofi“, que são aquelas músicas que colocam a gente em um estado de tranquilidade. Isso pode ser legal se você busca este tipo de estado.

Inclusive já me perguntaram como fazer para sincronizar os pomodoros dentro do escritório. Confesso que automaticamente vejo o clipe da música Another Brick in The Wall quando penso em pessoas querendo sincronizar pessoas. Não faça isso. Você pode ter reuniões em momentos específicos para sincronizar trabalho, mas não tente controlar o tempo. Aceite a incerteza e principalmente a individualidade.

Esse post foi iniciado em 2018 a partir de um post da inc.com falando sobre músicas para deixar o nosso trabalho mais produtivo.

Isso me incomoda porque música é escolha pura. Não existe apenas uma rádio, se você ainda escuta rádio, e posso garantir que as nossas indicações de música das ferramentas de streaming são diferentes por causa do que a gente escuta.

Este tipo de post da inc empurra músicas que você deveria gostar. Assim como acontecem com filmes, roupas, tênis e muitas outras coisas que estão no nosso dia a dia. E muitas vezes vejo pessoas se forçando a gostar de algo ao invés de encontrar o seu próprio processo.

Tem uma frase em inglês, “do you!“, que é muito relevante para mim. Faça você! Como quem diz para você focar em você. Que você possa se construir, e se entender. A gente deveria viver os nossos dias fazendo escolhas.

Ontem dia 16/jan/2021 eu estava ouvindo a live do Wander Wildner. Eu gosto do Wander. E você não precisa gostar do Wander.

No fim, o que sobra é que você tem a sua história e sabe quais músicas deixam você feliz. Então, escolha suas músicas e monte as suas playlists!

A minha contribuição para você é o jeito que eu monto as minhas playlists, juntando conceitos de técnica do pomodoro, powersongs e por vezes, temas. Fazia muito tempo que queria ter um site falando disso, e em 2020 consegui colocar o songdo.ro para funcionar. Ali você tem exemplos e estrutura para poder montar as suas playlists, se você se interessa em usar uma estrutura de tempo para restringir o seu foco de atenção.

Eu uso as playlists de tempo quando tenho tempo restrito e preciso focar. E isso não pode ser sempre. Quando posso deixo playlists maiores tocando ou simplesmente inicio em uma música e deixo a ferramenta ir sugerindo o que vier a partir daquela.

Experimentação, descoberta e escolhas! E se o lance do songdo.ro funcionar para você, gostaria de conhecer alguma playlist sua.

— Daniel Wildt

Publicado por dwildt

Empreendedor / Desenvolvedor de Software / Mentor / Agilista / Escritor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: